compal1Reunidos em assembléia na tarde desta quarta-feira (30), os trabalhadores na Compalead aprovaram a proposta de PLR negociada entre comissão e empresa, com acompanhamento do Sindicato. O pagamento será feito em duas parcelas, partindo do mesmo valor pago do ano passado e poderá ter valorização de até 10%, de acordo com as metas estabelecidas.

De acordo com a diretora do Sindicato Rose Prado, vencida essa etapa, a luta agora será pela extinção do trabalho aos sábados. “É uma reivindicação dos trabalhadores na Compalead, pois essa prática já vem sendo adotada em outras empresas do mesmo setor (eletroeletrônicos), mas a conquista só será alcançada se houver mobilização e união dos companheiros ao lado do Sindicato”, alertou.

Participaram também da assembléia os diretores Tozinho e Leonice.