A Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo e seus 53 Sindicatos filiados se solidarizam com as vítimas do crime ambiental de Brumadinho, Minas Gerais, onde o rompimento de uma barragem da empresa Vale já provocou a morte de pelo menos 34 pessoas e mais de 290 desaparecidos, além de causar a destruição ambiental de proporções ainda incalculável na região.

Em nome dos trabalhadores metalúrgicos, os representantes do Sindicato e da Federação exigem que os responsáveis sejam punidos e que todos os atingidos, bem como suas famílias, recebam todo apoio e sejam justamente indenizados. Vidas humanas não podem ser tratadas com desrespeito e a ganância não pode sobrepor o valor da vida humana.

Ainda exigimos que todas as medidas de saúde e segurança sejam tomadas para que esse tipo de tragédia jamais se repita, assim com uma legislação mais rigorosa seja criada e que a vida seja realmente tratada como deve ser, o maior patrimônio que podemos ter!

Eliseu Silva Costa

Presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo