O 4º Encontro Internacional de Montadoras será realizado nos dias 14, 15 e 16 de agosto. O evento é uma iniciativa do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região, com a UAW (United Auto Workers – Sindicato que representa os metalúrgicos nos Estados Unidos), Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM) e Força Sindical.

Durante os dias do Encontro temas como a Análise de Conjuntura EUA e Brasil, ataques globais nos direitos básicos trabalhistas e cumprimento das leis, políticas industriais nos EUA e Brasil, dentre outros serão debatidos. As palestras serão realizadas no Occitano Apart Hotel (R. Marcelo Vacchi, 100 – Morumbi).

No 4º Encontro são aguardadas delegações de São Paulo, Catalão, Anápolis, Curitiba, São Caetano do Sul, Gravataí, Resende, Sete Lagoas, além da comitiva internacional dos Estados Unidos e países da América Latina.

Para José Florêncio da Silva, Bahia, presidente em exercício do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região, “o ataque aos direitos dos trabalhadores não ocorre somente nacionalmente mais também internacionalmente, por isto é preciso ampliarmos o debate e criar estratégias de combates”, destacou.

Pela sindicalização na Nissan

Os trabalhadores da Nissan, de Mississipi, nos Estados Unidos, anunciaram a intenção de votar pela sindicalização, na fábrica localizada em Canton, devido aos abusos sofridos pelos trabalhadores da montadora.

Eles lutam bravamente pelo direito de serem representados pelo Sindicato dos Metalúrgicos UAW-United Auto Workers. Os funcionários da Nissan, querem salários justos, melhores benefícios, fim das quotas de produção, condições de trabalho precárias, dentre outros.

O Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região apoia os trabalhadores da Nissan, que lutam pelo direito de serem representados por uma entidade sindical.